Angola Formativa
Blogs

O jornal impresso foi um dos primeiros meios de comunicação que existiu, dizia-se que os marinheiros usavam este meio para fazer comercio marítimo, se isso for verdade pode-se dizer que além de informar, o jornal impresso serviu como propaganda para vender objetos, isto há alguns séculos atrás. Onde e como o jornal impresso surgiu ? E para que ? Qual era sua verdadeira intenção ? Estas perguntas e muitas outras estarão sendo respondidas na leitura deste capitulo.

As várias histórias do surgimento do jornal impresso encontram-se em alguns livros e pesquisas já realizadas, mas tudo indica que o primeiro jornal surgiu pelo o Imperador Júlio Cesar, através de pesquisas nota-se que Júlio Cesar ousou quando utilizou o jornal para falar com a população do seu império, como participava de muitas guerras militares, o veículo ajudou-lhe na divulgação das noticias relacionadas sobre as guerras e através disso acredita-se que ele fez um marketing da sua imagem . A Acta Diurna era uma publicação oficial do Império Romano, criada no ano de 59 A.C. durante o governo imperial de César. Ela trazia notícias diariamente para a população de todos os cantos do Império (e de fora dele) falando principalmente de conquistas militares, ciência e de política.

Com o surgimento deste jornal, nota-se que também surge o profissional conhecido como “jornalista”, pois os mesmos começam a ser correspondentes do império Romano, buscando noticias para “alimentar” o jornal com informações. A profissão jornalista surge nesta mesma época.

A Acta Diurna era um jornal escrito em tabuas de pedras e erguido em praça publica, para que a população pudesse ler, as pessoas eram muito carentes, não tinham condições de comprar o jornal caso fosse impresso no papel, pois o papel na era muito caro, então Julio Cesar funda esta idéia , que foi usada até o império de Augusto. Nesta parte nota-se que o auditório que Julio Cesar queria atingir, era o auditório universal, pois não queria que as informações escritas chegassem apenas para os ricos da época, mais sim queria atingir a população em comum sem restrições.

Ao ver uma Acta Diurna, deve-se abrir em questão o tempo que se demorava para a informação ser veiculada, pois o trabalho feito aqui era totalmente manual, demoravam-se mais ou menos dois dias para que a informação de acontecimento já passado, fosse publicada para o povo. Hoje em dia fica difícil imaginar uma situação desta, com varias tecnologia desenvolvidas, as pessoas já estão habituadas a ter a noticia no mesmo dia, ou melhor no momento do seu acontecimento.

Entretanto as coisas começam a mudar quando o alemão Johannes Gutenberg inventou a prensa de papel, um feito muito grande para a época.

Está invenção causou um impacto para o jornal impresso, possibilitando a impressão de vários jornais ao mesmo tempo, e com isso as noticias publicadas nos veículos começaram a ser factuais, isto fez com que as noticias não chegasse “atrasadas” para as pessoas. 

A revolução na época foi tão grande, que alguns autores afirmam que a prensa de papel de Gutemberg tirou o mundo de vez da Idade Média, levando o mundo para a Era da Renascença, com o despertar definitivo da ciência e do jornalismo profissional.

Contudo este foi o surgimento do jornal impresso no mundo, hoje com algumas tecnologias a mais, só que a sua essência não mudou ou melhor o seu papel continua o mesmo trazer informação para as pessoas.





Deixe um Comentário

Deixe aqui o teu comentário ou a pergunta sobre o tópico para ajudar a comunidade ou para que a comunidade o ajude a si

Indique os 5 números apresentados na imagem abaixo.

security code

Comentários

A carregar os comentários...

©2019 ASGLOBAL // Viana - Luanda - Angola | Webdesign AngolaBYDAS

Voltar ao Inicio