UE acredita novo Embaixador junto do Estado da Guiné-Bissau

21-01-2015

Trata-se de diplomata Victor Luís Madeira dos Santos. À saída da cerimónia com José Mário Vaz disse à PNN que, com os sinais de estabilidade que o país apresenta com as novas autoridades nacionais, estão criadas condições para o apoio da UE, para que se possa desenvolver pacificamente e de forma consistente na Guiné-Bissau. «As contribuições da UE vão ser anunciadas mais tarde, não faz sentido falarmos de isso agora, mas a única promessa é que estamos fortemente empenhados em ajudar o povo da Guiné-Bissau no seu desenvolvimento, na integração cada vez mais forte na economia mundial e na paridade com outros países da sub-região», disse Victor Madeira dos Santos. Interrogado sobre o IX e XX Fundo Europeu de Desenvolvimento, o diplomata português ao serviço da UE disse preferir não falar do assunto sobre os valores e sectores que serão beneficiados, informando que tudo vai ser discutido na mesa redonda agendada pelo Governo da Guiné-Bissau para meados de Março em Bruxelas. Em relação ao sector das pescas falou da reunião da comissão mista que hoje termina em Bissau, dizendo que muito foi feito neste sector para o país e que a UE vai trabalhar para acelerar a política das pescas da UE e os interesses da Guiné-Bissau nesta matéria, para que sejam maximizados. «Nós vamos apoiar a delegação da União Europeia residente no país, que tem uma responsabilidade importante, tudo faremos para acelerar a política das pescas da UE e os interesses da Guiné-Bissau em matéria das pescas, sejam elas a preservação dos recursos ou em termos de maior rendimento, o potencial para a população ou a economia do país, vamos trabalhar para que isso aconteça», referiu. Victor Luís Madeira dos Santos substitui Joaquim Gonazales Dukay no cargo que desempenhou nos últimos anos na Guiné-Bissau, como Embaixador da União Europeia.

Avaliar

Comentários (X)

Deixe um comentário...