O Contrato Social

01-11-2014

Do Contrato Social ou O Contrato Social (em francês: Du Contrat Social ou Principes du droit politique, lit. \"Do contrato social ou princípios do direito político\") é uma obra do autor suíço Jean-Jacques Rousseau, considerada por muitos como uma de suas obras-primas; parte de uma obra mais extensa, as Instituições Políticas, que, por não ter sido completada, teve suas partes menos importantes destruídas pelo autor.

Trecho \"mais considerável\" e \"menos indigno de ser oferecido ao público\" (segundo Rousseau, na \"Advertência\" de \"Do contrato social\").

Nesta obra, Rousseau expõe a sua noção de contrato social, que difere muito das de Hobbes e Locke: para Rousseau, o homem é naturalmente bom, sendo a sociedade, instituição regida pela política, a culpada pela \"degeneração\" dele.

O contrato social para Rousseau é um acordo entre indivíduos para se criar uma sociedade, e só então um Estado, isto é, o contrato é um pacto de associação, não de submissão.

Avaliar

Comentários (X)

Deixe um comentário...