Notícias

Guiné-Bissau: PGR acusa o Governo e o PAIGC de manipular a imprensa

283 Visualizações | Luanda Digital

Trata-se de uma acusação que acontece numa altura em que o Governo requereu junto da Assembleia Nacional Popular um debate de urgência sobre o estado da justiça na Guiné-Bissau. Em comunicado datado de 20 de Julho, assinado pelo seu responsável de imprensa e Relações Públicas, Maurício Alves, que a PNN consultou, o gabinete de Hermenegildo Pereira sublinhou que a sua instituição foi acusada pelo Executivo de falta de colaboração institucional. «Numa época como a que vivemos hoje, e a avaliar pela sabedoria popular, só se deixa enganar quem quer, deveriam saber mais do Ministério Público do que os comunicados», lê-se no documento. Em relação à imprensa, a nota destaca que a vontade incontrolável de manipular a opinião pública foi a linha de entendimento do Governo e o partido que o sustenta, tendo interrogado porque é que só agora se verificam tantas contestações à actuação do Ministério Público no que diz respeito ao combate à criminalidade económica e financeira, que a nota de imprensa disse enfraquecer a administração pública e o Estado. «Como no passado, o desfio que se coloca hoje ao Ministério Publico é combater qualquer que seja o comportamento criminoso, cujos autores pretendem que seja impune a realização da justiça penal», lembrou a nota. Por outro lado, a nota do gabinete de Hermenegildo Pereira acusou o Governo e o PAIGC de continuarem a persistir num discurso de impunidade e de fragilização das instituições judiciais, mormente do Ministério Publico, referindo que muitas outras pessoas igualmente foram convocadas pelo Ministério Publico ao nível da Presidência da República, da Assembleia Nacional Popular e do Governo, como suspeitos ou testemunhas. A terminar, a nota afiançou aos guineenses que a decisão dos magistrados foi juridicamente sindicável, classificando como «comédia» a perseguição aos membros do Governo que já durou bastante, garantido a total disponibilidade para ver juridicamente a sua a actuação, não tendo nada a esconder e determinando ainda que jamais esta instituição se deixará ser intimidada e obstruída na sua acção.

Fonte: Luanda Digital

c

©2021 ASGLOBAL / Angola Formativa // Viana - Luanda - Angola | Agência WebdesignBYDAS

Voltar ao Inicio

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada

superior

instituto

angola

politécnico

luanda

ciências

licenciatura

doutoramento

mestrado

formação avançada