Notícias

Familiares continuam a aguardar por indemnização da Sinohydro

2019-08-11 | 3 Visualizações | Sapo Angola Geral

Três meses depois da morte da jovem Maria Umba, de 27 anos, vítima de decapitação, ocorrida no município de Cacuaco, quando um cabo eléctrico de alta tensão lhe cortou a cabeça, na altura em que uma empresa chinesa, a Sinohydro, de electricidade, efectuava a manutenção na rede, os familiares ainda não foram indemnizados

Fonte: Sapo Angola Geral

Deixe um Comentário

Deixe aqui o teu comentário ou a pergunta sobre o tópico para ajudar a comunidade ou para que a comunidade o ajude a si

Indique os 5 números apresentados na imagem abaixo.

security code

Comentários

A carregar os comentários...

©2019 ASGLOBAL // Viana - Luanda - Angola | Webdesign AngolaBYDAS

Voltar ao Inicio