Notícias

Estado Islâmico vende mulheres como escravas a combatentes feridos

297 Visualizações | Luanda Digital

A organização não-governamental (ONG), Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), avançou que o EI vendeu várias prisioneiras de guerra não muçulmanas como escravas aos seus combatentes feridos no nordeste da Síria. Estas mulheres são «exploradas sexualmente», além de efectuarem trabalhos domésticos e ajudarem os combatentes, adianta a organização. A ONG explicou que a venda de mulheres capturadas pelo EI, na Síria e no Iraque, é um negócio muito lucrativo para os dirigentes e membros do grupo jihadista. O grupo vendeu quase 300 mulheres yazidis, capturadas no Iraque, aos combatentes do EI na Síria por valores que rondavam entre os 500 e os dois mil dólares por mulher. O OSDH sublinhou que o EI evita vender prisioneiras curdas, na sequência de vários casos em que escravas deste grupo étnico assassinaram o homem que as comprou, e suicidaram-se em seguida.

Fonte: Luanda Digital

c

©2021 ASGLOBAL / Angola Formativa // Viana - Luanda - Angola | Agência WebdesignBYDAS

Voltar ao Inicio

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico

angola

licenciatura

luanda

ciências

superior

doutoramento

mestrado

instituto

faculdades

politécnico