Notícias

Empresários cabo-verdianos iniciam visita de trabalho na Guiné-Bissau

303 Visualizações | Luanda Digital

Na companhia de alguns membros do Governo cabo-verdiano, a sessão de início dos trabalhos arranca esta quinta-feira, junto das instalações do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSA) com intervenções do Presidente da Câmara do Comércio e Indústria, Braima Camara, o Presidente do Conselho Supremo da Câmara do Comercio de Cabo Verde, Jorge Spencer Lima, o ministro do Turismo, Investimento e Desenvolvimento Empresarial de Cabo Verde, e a intervenção do ministro da Economia e Finanças da Guiné-Bissau, Geraldo Martins. De acordo com o programa dos trabalhos, que a PNN consultou, depois da abertura segue-se a apresentação do ambiente de negócios, tendências e oportunidades na Guiné-Bissau, quer da parte nacional como pela parte de Cabo Verde. Já na reunião tradicional de Conselhos de Ministros da Guiné-Bissau todas as quintas-feiras, uma parte deste encontro vai ser marcada com a apresentação do Núcleo Operacional para a Sociedade e Informação (NOSI). A parceria público ou privada, e a experiencia cabo-verdiana contam ainda como agenda referente ao segundo dia da visita de empresários de Cabo Verde à Guiné-Bissau. Ao nível dos sectores empresariais estão agendadas reuniões entre os sectores da construção civil, hotelaria e turismo, agro negócios, serviços, consultoria e gestão, energias renováveis, segurança social, organização de eventos, tecnologias de informação e comunicação, comércio, alfandega e transportes. De acordo ainda com o programa, o grupo agendou encontros entre outras personalidades do país, tais como o Chefe de Estado, José Mário Vaz, o Presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassama, o Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, bem como um encontro com o ministro da Função Pública, Admiro Nelson Belo, a ministra da Justiça, Carmelita Pires, e com o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Paulo Sanha. Estão também previstas visitas a algumas instituições públicas da Guiné-Bissau, nomeadamente as Empresas Guine-Telecom e GuineTel, a Autoridade Nacional Reguladora, Instituto Nacional de Previdência Social, a Fundação para Desenvolvimento Empresarial, a Agro-industrial de Safim, na região de Biombo, norte da Guiné-Bissau. As deslocações para o interior do país, tais como Buba, região de Quinara, Bubaque, região de Bolama Bijagós, no sul do país, à Fabrica de Tijolo em Bafatá, à Unidade de engarrafamento da Água Badora, em Bambadinca, leste do país, e à cidade de Cachéu, fazem parte igualmente da agenda. A visita termina com a assinatura do protocolo do Acordo de Consórcio, de Construções e Obras Públicas, entre empresários da Guiné-Bissau e de Cabo Verde.

Fonte: Luanda Digital

c

©2021 ASGLOBAL / Angola Formativa // Viana - Luanda - Angola | Agência WebdesignBYDAS

Voltar ao Inicio

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola

instituto

superior

angola

politécnico

luanda

ciências

doutoramento

mestrado

licenciatura

estudar em angola