Criticada reacção lenta das autoridades

06-04-2015

A imprensa queniana criticou as forças especiais do país por terem demorado pelo menos sete horas a neutralizar os rebeldes shebab que atacaram uma universidade e mataram quase centena e meia de estudantes não muçulmanos

Avaliar

Comentários (X)

Deixe um comentário...