Notícias

Benguela: Governo angolano vai reforçar educação para a primeira infância

182 Visualizações | Angop

Benguela- O governo angolano pretende reforçar, nos próximos tempos, a educação para o desenvolvimento da primeira infância, com vista a se obter melhores resultados nos menores dos 0 aos 6 anos, num projecto que envolverá as famílias e a comunidade., A informação foi avançada hoje, quarta-feira, pela consultora do Ministério da Educação de Angola para a Primeira Infância, Isabel Rios Leonardo, que falava à Angop no termo do encontro que uma delegação de consultoria cubana do ministro da Educação manteve com as organizações da sociedade civil, igrejas, organizações não governamentais, Instituto Nacional da Criança, Organização da Mulher Angolana (OMA), direcções provincial da Família e Promoção da Mulher, Assistência e Reinserção Social e com a comissão de pais e encarregados de educação. Segundo a responsável angolana, os peritos cubanos têm uma proposta para a população angolana sobre o desenvolvimento da primeira infância no país e  neste momento trabalha-se na apresentação e exposição do projecto nas províncias, nomeadamente Benguela, Cuanza Sul, Luanda, Bengo, Malange, Bié, Huambo, Namibe Cunene e Uíge. "O projecto surge da necessidade de se diminuir o pensamento de que a primeira infância não é importante, uma vez que a ciência nos diz que é importante e constitui uma ferramenta usada por muitos países latino-americanos com eficácia comprovada para se aproveitar da melhor forma os níveis cognitivos dos humanos", disse. Isabel Rios Leonardo explicou que a proposta do programa é resultado de uma pesquisa e experiência de 25 anos já utilizada em muitas famílias de muitos países e se aplica em condições de famílias e comunidade desfavorecidas. Acrescentou que o projecto oferece técnicas, métodos, instrumentos e outros elementos de preparação das famílias na sua própria casa e na comunidade, para que se estimule a criança desde o ventre na mãe. Deu a conhecer que o projecto envolverá outros departamentos ministeriais, como o da Assistência e Reinserção Social, Família e Promoção da Mulher, entre outros, com responsabilizações da primeira infância. A consultora referiu ainda que estudos revelaram que cada um dólar investido na primeira infância, o seu lucro será equivalente a aproximadamente 16 dólares americanos na fase adulta, daí a necessidade de se reforçar a educação das famílias e da comunidade para que se garanta um futuro risonho para a sociedade é premente. Enfatizou que o método faz recurso a material reciclado, uma vez que os brinquedos ainda são muito caros nos países do terceiro mundo. “Cuba é um país pobre, sem petróleo e com poucos recursos naturais, mas aprendemos a confeccionar e criar brinquedos com material reciclado e aqui em Angola temos muitos brinquedos que infelizmente ficam no lixo. Podemos usar garrafas, caixas, plásticos, vasilhames diversos, cartão e outros objectos reciclados para construir brinquedos que as crianças precisam”, frisou. Por seu turno, o director provincial da Educação de Benguela, Samuel Maleze Quinda, garantiu que a província vai abraçar este projecto de reforço a educação da infância com a capacitação e formação académica de quadros do sector e jovens ávidos a trabalhar com esta franja sensível da sociedade. Referiu que a província conta já com a formação de educadoras de infância no centro adstrito a Direcção Provincial da Assistência e Reinserção Social e deu início, este ano, a formação de professores para educação da primeira infância na Escola de Formação de Professores da Paróquia do Santo Estêvão, no bairro do Candumbo, zona A do mesmo município.  A delegação cubana composta por três consultores em educação, que se encontra desde terça-feira na província, visitou os institutos Médios Politécnicos de Lobito, Benguela e o programa de alfabetização “sim eu posso”  e seguirá quinta-feira para a província do Cuanza Sul, onde realiza um encontro similar com o sector da Educação. ,

Fonte: Angop

c

©2021 ASGLOBAL / Angola Formativa // Viana - Luanda - Angola | Agência WebdesignBYDAS

Voltar ao Inicio

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado

angola

instituto

superior

politécnico

educação

ciências

luanda

licenciatura

doutoramento

mestrado