Universidade Jean Piaget de Angola

Universidade Jean Piaget de Angola

É uma instituição de ensino superior privada localizada em Luanda, Angola, inaugurada em Dezembro de 2000, a universidade foi (...)

Informação Institucional

Sigla: UNIPIAGET

Regime: Privada

Região: Luanda

Páginas Web: http://www.ipiaget.org/

É uma instituição de ensino superior privada localizada em LuandaAngola, inaugurada em dezembro de 2000, a universidade foi criada através de um acordo de cooperação entre o Instituto Piaget de Portugal e o Ministério da Educação de Angola, celebrado em 8 de julho de 1998. Só em 2006, havia 4.445 estudantes matriculados. Desenvolve as suas actividades em duas localidades do território angolano, mormente na província de Luanda, em Viana, e em Benguela. Antes de mais, é crucial referir que a actuação da Universidade Jean Piaget em Angola tem respaldo legal. É a seguinte a base legal da sua actividade:
Constituição da Associação Instituto Piaget de Angola a 10 de Fevereiro de 1999 no 1.º Cartório Notarial da Comarca de Luanda, tendo sido os seus Estatutos publicados em Diário da República, I série, n.º 14, de 5 de Abril do mesmo ano;


Aprovação da Universidade Jean Piaget de Angola através do Decreto n.º 44-A/01, do Conselho de Ministros;

Os Cursos ministrados pela Universidade Jean Piaget são aprovados pelos seguintes instrutivos: 

 
  • Decreto Executivo n.º 48/04, de 23 de Abril, do Ministro da Educação: são aprovados os cursos de Psicologia Clínica e Engenharia de Petróleos.
  • Decreto Executivo n.º 65/04, de 22 de Junho, do Ministro da Educação: são aprovados os cursos de Construção Civil e Ordenamento do Território; Informática de Gestão; Direito; Economia e Gestão e Electromecânica.
  • Decreto Executivo n.º 66/04 de 22 de Junho, do Ministro da Educação: são aprovados os cursos de Enfermagem e Ciências Farmacêuticas.
O artigo 1.º, n.º 1 dos Estatutos da Associação Instituto Piaget de Angola estabelece, claramente, que a: "a Associação Instituto Piaget de Angola é uma pessoa colectiva dotada de personalidade jurídica e autonomia administrativa e financeira. Ela é de âmbito nacional e durará por tempo indeterminado";
 
A AIPA desenvolverá (e já desenvolve) a sua actividade em Angola perseguindo vários fins, de entre os quais se destacam o:
  • Educativo, científico e técnico;
De solidariedade social, convívio e promoção social;
  • Protecção do meio ambiente;
Para assegurar estes fins a Associação propõe-se criar e manter estabelecimentos destinados a ministrar o ensino superior e dentro deste âmbito, desenvolver estruturas educativas, sociais, de assistência, de investigação, culturais e laborais.
 
A AIPA pretende assumir e participar activamente no relançamento de um novo humanismo assente nos dois seguintes pilares: criar a «Casa Humana» na qual, por princípio, nenhum ser humano é posto de fora ou impedido de o ser, mesmo que tal signifique diversificar as suas formas de ser e estar. A nova «Casa Humana» pressupõe e exige um novo olhar sobre a natureza com a natureza por dentro.
 
A Associação Instituto Piaget de Angola tem como entidade instituidora o Instituto Piaget de Portugal; este, por sua vez, foi fundado em 1979 por António de Oliveira Cruz, seu presidente de direcção desde aquela data.
 
Presentemente a Universidade ministra 12 cursos que atribuem o grau académico de Licenciatura repartidos em três ramos: Ciências Sociais (Direito, Economia, Psicologia, Sociologia, Motricidade Humana); Ciências de Saúde (Medicina, Enfermagem, Farmácia) e Ciências Tecnológicas (Informática de Gestão, Electromecânica, Petróleos, Construção Civil). Funciona, ainda, o Ano de Formação Complementar Propedêutica, cujo objectivo é preparar o Estudante para a frequência do curso universitário da sua preferência.
 
No conjunto das instituições privadas de ensino superior, a Universidade Jean Piaget de Angola é aquela que mais ultrapassou as barreiras dos marcos "pensados e imaginados" da realidade angolana. É assim que é pioneira na institucionalização dos cursos de: Medicina, Engenharia de Construção Civil, Engenharia de Petróleos, Engenharia Electromecânica, Motricidade Humana, Psicologia Clínica e Sociologia.
 
Com essa iniciativa a Universidade Jean Piaget de Angola permitiu que o mercado de formação se diversificasse de modo a conseguir uma maior abrangência de saídas profissionais adaptadas às aspirações de cada estudante.
 
Em 2005, a Universidade Jean Piaget de Angola apresentaria à sociedade os seus primeiros Licenciados. Provêm dos cursos de Direito, Economia e Gestão, Enfermagem e Obstetrícia, Psicologia Clínica e Sociologia.
 
No dia 5 de Maio de 2002 tiveram início as aulas no período nocturno. É outra miragem que foi assumida como desafio que redunda agora em êxito a julgar pela aderência registada e que leva a Direcção da Universidade a pensar que tomou a decisão certa no momento certo.
 
Actualmente 92% dos professores que leccionam na Universidade são angolanos.
 
A população docente ilustra, de forma clara e relevante, a inter-nacionalidade cultural, o que acentua a credibilidade e a universalidade de saberes dos seus Docentes e Estudantes. Abonam a afirmação o facto de estes professores se terem formado em Universidades das Repúblicas da Alemanha, Angola, Brasil, Bulgária, Ex-Checoslováquia, Congo, Cuba, Estados Unidos, França, Inglaterra, Polónia, Portugal e Ex-União Soviética.
 
As relações entre os Estudantes e a Universidade obedecem os ditames de quatro instrumentos jurídicos internos: O Regulamentos Académico que consagra os direitos e deveres dos Estudantes em face da Universidade; o Regulamento Disciplinar que tipifica os comportamentos perturbadores da ordem interna da Universidade Jean Piaget de Angola; o Regulamento Financeiro que estabelece as modalidades de pagamentos dos emolumentos respeitantes ao uso da Universidade e o Regulamento da Tese de Licenciatura que estabelece as condições gerais da realização do documento final que atribuirá ao Estudante finalista o grau académico de Licenciado pela Universidade Jean Piaget de Angola.
 
A participação activa no desenvolvimento humano e ecológico das diferentes comunidades e povos sempre esteve presente na missão da universidade Jean Piaget. Para cumprir este objectivo, em 1998, celebrou um acordo com o Ministério da Educação e Cultura de Angola, ao abrigo do qual, em 1999, criou a Associação Instituto Piaget Angola (AIPA), entidade promotora da Universidade Jean Piaget, cuja criação pelo Conselho de Ministros em Julho de 2001 visa a formação de quadros superiores proporcionando-lhes uma formação científico-técnica sólida, habilitando- os para o exercício e a capacidade de análise crítica necessários para o desenvolvimento da sociedade.
 
No ano lectivo de 2005/2006 diplomou o primeiro grupo de licenciados e iniciou a actividade lectiva no Pólo de Benguela, dando cumprimento ao estipulado no acordo com a tutela.
 
A dez anos no mercado angolano, dez anos de confiança num ensino exigente que visa a empregabilidade de alunos que se matriculam sabendo que partem todos ao mesmo tempo, mas uns acabam primeiro que outros.
 
Dez anos de exigência que conduziu a uma taxa de empregabilidade de 100% entre os formados pela UniPiaget Angola e que permite aos seus 12.000 alunos ter confiança no ensino que lhes é ministrado em cada uma das 17 licenciaturas que frequentam.
 
Dez anos de procura de qualidade na formação humana e cientíco-técnica de quadros superiores com capacidade para serem factores de desenvolvimento socioeconómico. As parcerias com empresas e instituições nacionais e internacionais permitem direccionar a exigência na qualidade para um ensino no qual os licenciados e os empregadores reconheçam. A próxima década já se iniciou, empresas como a TOP Informática, Consulgal, Betoteste e outras já participam na definição das competências e na adequação da formação às necessidades do mercado de emprego. Entidades congéneres como as Universidades de Coimbra e do Minho estão a cooperar com a UniPiaget Angola no processo ensino/aprendizagem através do intercâmbio de alunos, professores e investigadores. Os próximos dez anos continuarão a ser norteados pelos princípios da solidariedade, convívio e promoção social que norteiam a actividade da AIPA.
 
 
Direcção:
 
Magnífico Reitor
Professor Doutor Pedro Domingos Peterson
 
Vice-Reitor
Professor doutor José Eduardo Carmo Nelumba
 
Pró-reitor:
Professor Doutor Samuel Carlos Victorino
 
Administrador Geral
Mestre José Manuel da Costa Rocha

 
 
 
 
 

Contactos

Localização:

Bairro Capalanca - Viana, Balbi Viana, Angola

Telefone:

218 316 506 / +244 222 290 259

Email:

info@unipiaget-angola.org

Catálogo de Cursos

©2017 ASGLOBAL // Viana - Luanda - Angola | Webdesign AngolaBYDAS

Voltar ao Inicio